Da Geral

Lembranças e depoimentos feitos por um apaixonado direto da Geral! Comentários sobre futebol e derivados.

terça-feira, novembro 17, 2009

Olha o Mijo

Nunca tive turma. Quero dizer que nunca fui um cara ‘enturmado’, e isso se via inclusive quando eu ia ao Monumental. Em qualquer lugar que eu ficasse no estádio, sempre tinha dificuldades em me adaptar.
Éramos sempre os mesmos: tio Hermes, o Mano e eu. Às vezes ia algum amigo do tio junto, mas geralmente era só nós mesmos. Ficávamos bem no meio da social, na reta da linha do campo. Geralmente acontecia a mesma coisa. Jogo calmo, torcida sentada. De repente o Cuca arrancava da meia-cancha, lançava o Paulo Egídio, que entrava na área a dribles. Nesse instante eu levantava, empolgado com o gol que estava nascendo. Meio segundo depois (ou até menos), alguém atrás de mim bradava “senta...”, e outro acompanhava “olha o mijo...”. Saco, e eu lá conseguia ver um lance de gol sentado. Ali, definitivamente, não era o meu lugar.
Na arquibancada não era muito diferente. A torcida até levantava pra ver algum lance, mas sentava rapidinho.
Quanta confusão eu já arranjei xingando aquele bando de bundões que passavam o jogo sentados e o intervalo inteiro em pé, parados. Era só o juiz trilar o apito para o término do 1º tempo que a massa já se levantava, e eu começava a gritar “senta, fiadaputa, olha o mijo”. O povo ficava o intervalo todo de pé. E quando começava o 2º tempo todo mundo sentava novamente, e eu levantava para poder assistir o jogo. Logo se ouvia um grito: “Senta, guri, olha o mijo”.

Feliz mesmo eu fiquei quando, aos pocos, começou a aparecer uns loucos (não mais de 15) que ficavam o jogo inteiro cantando, DE PÉ, na maior festa, independente do resultado do jogo.

Já não era mais criança, e já podia escolher de onde eu iria assistir ao jogo. Sem sombra de dúvidas que seria de trás do gol, junto com aqueles que 'rompem las gargantas por los goles'. Alí, com o verdadeiro 'bando de loucos' ninguém te pede pra ficar parado.
Ah, quer assistir ao jogo sentado, vai prás cadeiras, ou então fica em casa, no conforto do sofá tendo o Galvão como companhia.

Estádio é para torcida, e torcida tem que torcer. Ponto final.

Marcadores: ,

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home