Da Geral

Lembranças e depoimentos feitos por um apaixonado direto da Geral! Comentários sobre futebol e derivados.

quarta-feira, novembro 01, 2006

Força da Torcida

Matéria que saiu no jornal LANCEPRESS de domingo e repercutio em diversas páginas na internet.

Força da torcida do Grêmio aumenta ainda mais
(Domingo, 22 de Outubro, 02h17)

Com 72 anos de idade e 41 de Grêmio, o superintendente de futebol Antônio Verardi confessa que nunca viu a torcida tricolor tão forte como do ano passado para cá.
— Ela adotou um novo estilo de torcer. Não pára nunca de pular, cantar, alentar. A gente sabe que os times é que levantam a torcida, mas esta aí é difícil de se abater, apóia nos piores momentos — emociona-se Verardi. O núcleo duro, o grupo que empolga o estádio para o rugido total, chama-se "Geral do Grêmio", e reúne de 5 mil a 10 mil fanáticos que ficam atrás da baliza sul, em pé, fazendo a avalanche a cada gol.

Paulo Saldanha, 45 anos, técnico de informática, um dos fundadores, lembra que em 2003 o time tomava 4 a 0 do Atlético-PR e os cantos de alento continuavam.
— Se hoje tem muitos donos de cadeiras que preferem se juntar àquele inferninho, não é por acaso — diz ele.

O que os jogadores acham?

— Me sinto em casa. Em empolgação e lealdade, a torcida do Grêmio está no nível das do Boca e do River — testemunha o atacante argentino Herrera, que corre para a "Geral do Grêmio" a cada gol que marca.

— Nunca pensei em encontrar uma torcida argentina aqui. Acho isso maravilhoso — faz coro o também portenho Maidana.

— Antes era só o Santos que metia medo nos adversários quando atuava em casa. O Grêmio está igual - afirma o lateral-direito Patrício.

Essa imagem pode estar mais forte agora, mas é antiga. Verardi conta um caso de 2000. O Grêmio ia usar uma nova camisa, toda azul, e o atacante Palhinha implorou:
- Não, não. Vamos com a tricolor. Vocês não sabem como esses signos, tipo Olímpico cheio e a camisa tradicional, diminuem a confiança do adversário.

Marcadores:

1 Comments:

  • At quarta-feira, 01 novembro, 2006, Anonymous Fernando Galvão said…

    Amigos, o Grêmio sempre foi forte, especialmente em casa, o que representava estádio cheio e muito incentivo. Considero o Tricolor Gaúcho a melhor surpresa do Brasileirão, mas amigos cuidado com os ânimos. Não vamos confundir incentivo com vandalismo, hein!!!

     

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home